Bem vindo

Olá bem vindo ao blogger aqui você tem tudo sobre o São Paulo Votem nas enquetes de comentários e seja seguidor do blogger Fale dos videos das enquetes crie perguntas boas sobre o Sao Paulo e eu colocarei no blogger que tem uma passagem de várias coisas para o globoesporte(quem não sabe o site do globoesporte é globoesporte.com)E fale para seus amigos do blogger e de comidas para os peixes e ouva algumas partes das músicas pops obrigado

sábado, 30 de abril de 2011

Carpegiane e Muricy

Carpegiani e Muricy: ótimos como jogadores, diferentes como técnicos

Ofensivos no passado, o primeiro manteve a filosofia de atacar quando mudou de função. Já o segundo se destaca por formar excelentes defesas

O clássico deste sábado entre São Paulo e Santos, às 16h, no Morumbi, estará repleto de atrações dentro de campo. Pelo lado são-paulino, o centenário goleiro Rogério Ceni, os regulares defensores Miranda e Alex Silva e o iluminado Dagoberto, que vive a melhor fase de sua carreira. Do lado do Peixe, os ótimos Elano e Arouca no meio-campo e a genialidade da dupla Neymar e Ganso na frente. Porém, no banco de reservas, ocorrerá outra disputa de alto nível.
O gaúcho Paulo César Carpegiani e o paulista Muricy Ramalho fazem um duelo de estilos completamente diferentes nesta semifinal do Paulistão. Enquanto o primeiro prioriza o futebol ofensivo, o outro é muito mais tático e tem como ponto forte de suas equipes o ótimo desempenho defensivo. Basta ver que, desde que Muricy chegou, o Peixe se tornou uma equipe muito mais equilibrada, que segue forte no ataque, mas que não fica tão exposta atrás.
MONTAGEM - carpegiani são paulo muricy ramalho santos (Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com)Carpegiani e Muricy farão um duelo à parte no clássico do Morumbi
Com a experiência de ter trabalhado com Muricy no São Paulo e fazer parte do grupo atual, comandado por Carpegiani, Ilsinho confirma as enormes diferenças no jeito de cada um trabalhar.
- O Muricy é um treinador que cobra muito, fala pouco com os jogadores, é mais do estilo “bom dia, boa tarde e boa noite”. Tivemos que aprender o jeito dele. Já o Paulo, apesar de cobrar do mesmo jeito, é mais tranquilo, costuma conversar muito mais com os atletas. Em relação ao modo de jogar, a diferença também é grande. O Muricy é mais cauteloso, o Carpegiani gosta de um time mais para a frente, procura um futebol mais bonito, mais envolvente. Os dois possuem estilos vencedores – afirmou o camisa 11, que chegou ao São Paulo por intermédio de Muricy Ramalho, em 2006.
Muricy é um treinador consagrado, tem disciplina, é trabalhador"
Carpegiani
Questionado sobre o assunto, Carpegiani não quis fazer comparações. Mas encheu o concorrente de elogios.
- Muricy é um treinador consagrado, sempre vai agregar a qualquer equipe, tem disciplina. É um bom treinador, um cara competitivo, um trabalhador. Mas acho que os treinadores têm um papel pequeno numa decisão. O que vai determinar a vitória não é o treinador e sim uma jogada individual, uma boa atuação coletiva, é o estilo de um predominando sobre o outro - ressaltou.
Muricy Ramalho, com seu jeito sério de sempre, resumiu o assunto.
- O São Paulo é muito bem treinado. Os profissionais lá são sérios e trabalhadores. Cada time tem seu estilo, mas são equipes fortes e acostumadas a ganhar. O Paulo tem feito um ótimo trabalho - afirmou.
Como treinadores, pode-se dizer que os dois têm bom desempenho. O atual comandante do Peixe já conquistou nove títulos, com destaque para os quatro Brasileiros (2006, 2007 e 2008 pelo São Paulo e 2010 pelo Fluminense). O técnico tricolor ganhou menos (quatro canecos), mas destacam-se a Taça Libertadores da América e o Mundial de Clubes de 1981, pelo Flamengo. Ele também já sentiu o gostinho de ser campeão nacional, em 1982, também pelo Rubro-Negro.
Um duelo como jogadores profissionais
O curioso deste duelo entre Carpegiani e Muricy Ramalho é que ambos se enfrentaram também como jogadores. Foi no dia 19 de novembro de 1975, quando o Inter do primeiro e o São Paulo do segundo empataram por 0 a 0, no estádio do Morumbi, em duelo válido pelo Campeonato Brasileiro. Questionado sobre quem jogava mais, o atual comandante do Tricolor brincou.
MONTAGEM - CArpegiani internacional muricy ramalho são paulo (Foto: agência Gazeta Press)Carpegiani e Muricy defenderam as cores de Inter e São Paulo na década de 70 
- Isso quem tem de falar são vocês (jornalistas). O Muricy era ponta de lança, como o Zico. Já eu era mais um meia. Sem dúvida, podíamos ter jogado juntos - ressaltou Carpegiani, rindo.
Além de tentar levar o Peixe para a primeira decisão sob o seu comando, Muricy Ramalho viverá uma emoção especial assim que pisar no gramado do Morumbi. Afinal, além da história de sete anos como jogador do São Paulo, Muricy foi treinador da equipe em quatro ocasiões. No total, comandou o time em 360 partidas, com 194 vitórias, 100 empates e 66 derrotas, o que resulta em um aproveitamento de 63% dos pontos conquistados. Nesse período, conquistou três Campeonatos Brasileiros, entre 2006 e 2008.
O próprio treinador diz que será legal retornar a um lugar que tantou marcou a sua vida.
- Tenho grandes amigos lá: funcionários do clube, comissão técnica, jogadores. No futebol, são essas amizades que ficam. Valorizo muito isso. Tive muitas alegrias naquela casa e será um prazer enorme voltar ao Morumbi - concluiu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário